• Home  /
  • Revista   /
  • A prevenção do diabetes ainda é o melhor remédio
A prevenção do diabetes ainda é o melhor remédio diabetes_img_800x459 - Imagem meramente ilustrativa Full view

A prevenção do diabetes ainda é o melhor remédio

Todos os anos, o dia 14 de novembro é marcado por uma série de atividades em prol do Dia Mundial do Diabetes. E, como a Revista Brasil Cegonheiro sempre aborda assuntos relacionados a saúde do amigo caminhoneiro, seguem algumas informações sobre como prevenir e controlar a doença.

Os casos de diabetes são classificados em dois grupos: tipos 1 e 2. O primeiro tipo se trata de uma doença autoimune que faz com que o corpo produza pouca ou nenhuma insulina. Geralmente surge ainda na infância ou adolescência, e é necessário que o paciente tome doses diárias de insulina para manter o controle da glicose.

Menos de 10% dos diabéticos têm o do tipo 1. Seus principais sintomas são: urina em excesso, inclusive à noite; sede em demasia, mas a boca permanece seca; fome excessiva; perda do peso sem causa aparente, mesmo que a pessoa coma bem; cansaço físico fácil; sensação de fraqueza; letargia ou aumento do sono; coceira em todo o corpo e infecções recorrentes.

Já o segundo tipo de diabetes ocorre em 90 a 95% dos casos de diabetes, em geral na idade adulta, e é provocada pelo excesso de peso e má alimentação. Porém, nesse caso, a produção de insulina é normal, mas os tecidos do corpo se tornam resistentes à sua ação, o que acaba impedindo a absorção da glicose pelo organismo e gerando o aumento da taxa de açúcar na corrente sanguínea.

Tem como principais sinais: aumento da sede com a boca sempre seca; vontade de urinar frequente; cansaço físico constante, mesmo sem fazer nenhum esforço; visão sempre turva ou embaçada, afetando os dois olhos; emagrecimento sem causa aparente, mesmo que a alimentação seja feita normalmente; má cicatrização das feridas ou demora para cicatrizar; formigamento nos pés, numa fase mais avançada do diabetes, e infecções frequentes.

O diabetes tipo 2, responsável por mais de 90% dos casos da doença, é o único que pode ser evitado. Por isso, a prevenção é fundamental e ela passa por uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, adequada em fibras, pobre em gorduras saturadas e hidrogenadas, e moderada em calorias. Além disso, é fundamental a prática de exercícios físicos regularmente.

Para quem tem a doença, uma das coisas mais importantes é controlar o nível de glicose no sangue, para evitar complicações. O tratamento envolve também medicações, que devem ser prescritas por um endocrinologista.

Tomando essas medidas, você estará prevenindo outras enfermidades significativas que o diabetes causa, como doenças cardiovasculares, osteoporose, lesões nos olhos (cegueira), acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência renal. Lembre-se: a prevenção e o controle podem fazer a diferença na sua vida. Alimente-se de maneira adequada, faça exercícios físicos e consulte regularmente seu médico. Amigo estradeiro, você merece viver mais e melhor.

Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes

Written by Ricardo

Related Articles

Deixe seu comentário