• Home  /
  • News   /
  • BMW M5 chega apavorando com mais de 600 cv no V/ e tração integral
BMW M5 chega apavorando com mais de 600 cv no V/ e tração integral BMW M5 - Foto: Divulgação Full view

BMW M5 chega apavorando com mais de 600 cv no V/ e tração integral

O mais novo monstrão da linha Motorsport da BMW foi revelado. A nova geração do Série 5 finalmente ganhou sua tão aguardada versão esportiva e os caras não estavam pra brincadeira quando decidiram extrair logo 608 cv do motor 4.4 V-Oitão biturbo que já equipava o modelo anterior.

A força bruta, apesar de impressionar, já era mais ou menos esperada, uma vez que atualmente a corrida por mais cavalaria tá produzindo carros cada vez mais potentes neste nicho de esportivos. Mas o M5 traz mais novidades importantes para o modelo se atualizar e fazer a concorrência, especialmente conterrânea, correr pra se equiparar em nível de tecnologia.

Isso porque a BMW instalou uma tração integral no M5 que pode se comportar de diversas maneiras. Em condições normais de uso, o carro traciona os dois eixos e, sempre prevalecendo o traseiro sobre o da frente. Com as quatro rodas em ação, o esportivo fica mais na mão para tirar tempo em pista e consegue disparar até os 100 km/h em meros 3,2 segundos. Também é possível reduzir os controles eletrônicos da tração, deixando o carro ainda mais traseirinho, mas ainda mandando parte da força para as rodas dianteiras.

Mas pra quem quer ficar rindo a toa se divertindo num autódromo, a tração xDrive pode trabalhar exclusivamente com a configuração traseira e desligar todos os recursos eletrônicos de segurança, deixando o bichão de 4,93 m de comprimento queimando borracha de lado sem medo de ser feliz. Com o pico dos massivos 76,4 kgfm de torque disponível já em baixas rotações, não deve ser difícil extrair máximo prazer ao volante do M5.

Mesmo com a tração integral, a BMW conseguiu segurar o regime de engorda do modelo e até tratou de deixá-lo um pouco mais leve que seu antecessor, mas a ficha técnica completa dele ainda não foi revelada (extraoficialmente, a marca diz que ele pesa 1.855 kg). Todas as versões do novo M5 vêm equipadas com o câmbio automático de oito marchas. Abandonaram de vez o manual, que num futuro bem breve não fará mais parte do portfólio Motorsport para nenhum modelo, já que as caixas automáticas estão ficando mais eficazes, rápidas e valendo mais a pena (em termos de custo x desempenho) do que as engrenagens de uma ou duas embreagens.

De série, o M5 vem com um limitador de velocidade máxima que pode o ímpeto do brutamontes nos usuais 250 km/h. Mas opcionalmente é possível aumentar este limite para pouco mais de 300 km/h.

Por dentro, o M5 estreia algumas novidades da linha M, como uma manopla de câmbio diferente, que mais parece um manche de helicóptero. Na base da manopla, a companhia concentrou todos os botões referentes ao comportamento do carro, que pode variar do manso Confort, para o emocional Sport+. A direção desta geração tem assistência elétrica, mas rápida e precisa do que a antecessora hidráulica.

Em sua versão regular, o M5 virá com rodas de 19 polegadas e pneus 275/40 na frente e 285/40 atrás, sempre com classificação ZR para suporte as altas velocidades. A versão First Edition, que marca o lançamento do carro lá fora, conta com rodas de aro 20.

A BMW ainda não tem uma data para a chegada do novo M5 no Brasil, mas a gente já tá aqui esperando ansiosamente por ele.

Fonte : FullPower/Hector Vieira

Written by Ricardo

Deixe seu comentário