• Home  /
  • Revista   /
  • Crise econômica ofusca o brilho da Fenatran 2015
Crise econômica ofusca o brilho da Fenatran 2015 daf_800x459 - Imagem divulgação DAF Full view

Crise econômica ofusca o brilho da Fenatran 2015

Diante da crise econômica brasileira e um mercado praticamente estacionado, apenas dois fabricantes – a recém-chegada DAF e a Volvo – participaram da Fenatran, maior feira de veículos comerciais do país que abriu as portas no dia 9 de novembro, em São Paulo.

Embora parte considerável das vendas do setor sejam reflexo das apresentações e negócios da feira, realizada a cada dois anos, marcas como Agrale, Shacman, Ford, Hyundai, International, Iveco, MAN, Mercedes-Benz e Scania decidiram não participar neste ano. A baixa adesão é explicada pelas análises de investimento e retorno que a Fenatran proporcionaria, levando em conta as limitações de compra impostas pela elevação das taxas de juros e restrições de financiamento.

Os destaques ficaram, portanto, por conta do lançamento do caminhão CF85, que amplia a linha da holandesa DAF no Brasil, o novo eixo suspensor 6×4 da Volvo, serviços e implementos lançados por empresas do setor que também marcam o Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga, que em 2015 chegou à 20ª edição.

Principal lançamento, o DAF CF85 dá sequência à chegada da marca holandesa, que aportou no país em 2013 com o XF105. O extrapesado produzido em Ponta Grossa (PR) foi apresentado em versões 4×2 e 6×2, com duas opções de cabine e equipado com motor Paccar MX de 12,9 litros, em duas variações de potência: 360cv ou 410cv. A transmissão é ZF automatizada de 16 velocidades. Entre as novidades, o XF105 ganhará novos opcionais e a cabine Super Space Cab, com 2,10 m de altura interna. Foi a terceira e maior participação da DAF Caminhões na Fenatran.

Atividades interativas e 13 caminhões, incluindo o novo FH e o VM Canavieiro, fizeram do estande da Volvo um dos mais visitados do evento – com cerca de 4 mil metros quadrados. O primeiro modelo, extrapesado, ficou 8% mais eficiente, ganhou nova cabine 1m³ maior e vem equipado com o I-See, sistema que lê a topografia da estrada e a memoriza. A principal atração da marca sueca, contudo, foi o inédito sistema suspensor 6×4. Recém-lançado na Europa, ele permite desativar e elevar o segundo eixo de tração, melhorando a aderência e reduzindo o consumo em até 4%. O VM, por sua vez, ganhou versão especialmente adaptada para operação de colheita e transbordo de cana-de-açúcar. Havia ainda no estande, duas cabines de simulação: uma de treinamento, com situações reais de condução, e outra que aponta a eficácia do cinto de segurança simulando tombamento.

Entre os implementadores, destaque para a linha ContiHybrid, terceira geração de pneus de carga da Continental produzida no Brasil que promete durabilidade até 20% superior. A família é completada com o lançamento do ContiHybrid HD3 na medida 295/80R22,5 – depois dos modelos ContiHybrid HS3 e ContiHybrid LA3. A Roadcard, empresa de pagamentos eletrônicos, lançou aplicativo gratuito para acompanhar extratos pagos de frete, vale pedágio, despesas e vale- abastecimento, além de lançamentos futuros, enquanto está na estrada. Um dos principais fabricantes do setor, a Randon sorteou dois semirreboque Graneleiro Linha R de três eixos, com lona e pneus. Todos os detalhes da promoção poderiam ser acessados através do site randonimplementos.com.br,  antes do início da participação da Randon na feira.

Com informações inicias do site Vrum e edição da Revista Brasil Cegonheiro

Written by Ricardo

Deixe seu comentário