• Home  /
  • News   /
  • Curte música sertaneja? Conheça um pouco melhor a história dela.
Curte música sertaneja? Conheça um pouco melhor a história dela. viola_sertaneja_800x459 - Imagem meramente ilustrativa Full view

Curte música sertaneja? Conheça um pouco melhor a história dela.

Há alguns dias, fizemos uma pesquisa em nossa página do Facebook e descobrimos que 93% dos caminhoneiros são fãs de sertanejo. Por isso pensamos em contar um pouco melhor a história desse estilo musical tão adorado nos quatro cantos do Brasil.

A música Sertaneja, também conhecida como música caipira, se originou em 1929, quando o jornalista Cornélio Pires gravou alguns causos e cantos tradicionais do interior paulista. A partir daí, ela evoluiu e mudou bastante, podendo ser dividida em 4 gerações.

A primeira geração, também conhecida como sertanejo raiz, foi marcada por nomes como Tonico & Tinoco e Alvarenga & Ranchinho. Eles carregavam em suas letras o estilo de vida do homem interiorano e as belezas da paisagem rural.

Durante a segunda era da música, a partir de 1945, as histórias de amor começaram protagonizar as canções. O acordeon também passou a ser utilizado e enriqueceu os arranjos, que mais tarde fariam muito sucesso nas vozes de Milionário e José Rico e Pena Branca e Xavantinho, por exemplo.

A música passou a ficar mais moderna a partir da década de 70, no que é considerada a terceira era do estilo. O chamado “ritmo jovem” veio com a introdução da guitarra elétrica pela dupla Léo Canhoto e Robertinho. Durante os anos 80 houve a expansão comercial do gênero, protagonizado por , Chitãozinho & Xororó, Leandro & Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano e muitos outros.

O atual e famoso sertanejo universitário veio a partir dos anos 2000, iniciando a quarta era da música sertaneja. Aqui vemos nomes muito atuais como Luan Santana, Fernando & Sorocaba, Jorge & Mateus, por exemplo. Os show se tornam cada vez maiores, o público adepto não para de crescer e cada vez mais revelações surgem por aí.

A história de um estilo musical tão rico e complexo não caberia inteira aqui nesse post, mas esperamos que isso sirva de inspiração para você aumentar o volume e meter o pé na estrada ao som dos clássicos ou modernos do nosso bom sertanejão.

Boa viagem.

Fonte: Blog do Caminhão

Written by Ricardo

Deixe seu comentário