• Home  /
  • News   /
  • Enchente à frente, o que fazer?
Enchente à frente, o que fazer? enchente_800x459 - Imagem meramente ilustrativa Full view

Enchente à frente, o que fazer?

As chuvas de verão devem se prolongar até o final de março e devemos tomar alguns cuidados ao enfrentar enchentes. Quando começar a chover evite pontos críticos, o rádio é um grande aliado, já que as emissoras informam em tempo real as condições das vias e indicam rotas alternativas. Mas, não teve jeito, o alagamento está à frente, o que fazer? Leandro Vanni, Engenheiro de Serviços da DPaschoal, dá algumas dicas:

• O motor é o grande prejudicado quando um carro entra em contato com a água. No conserto, ele será aberto, para realizar uma limpeza e este procedimento é bem caro. Então ao chegar a uma rua alagada pare e observe o motorista à frente. Se a água não ultrapassar o meio da roda, siga em frente.

• Se o seu carro tem câmbio manual e automático, opte pelo manual. Engate a primeira marcha e não troque enquanto estiver passando pela área alagada, mantenha o motor em rotação alta e constante, passe devagar evitando que a água que respinga no motor contamine os componentes eletrônicos e não deixe o carro morrer.

• Não vá logo atrás de outro carro, geralmente o veículo cria ondas que são maiores que o nível de água acumulado e esta água pode entrar pela tomada de ar do veículo e causar sérios danos.

• Não utilize o ar-condicionado, ele usa potência do motor e neste momento você precisa de potência total no motor.
• Muitos veículos em uso não possuem sistema de freios ABS, portanto nunca breque bruscamente sob o pavimento molhado, isto pode causar uma aquaplanagem e o motorista vai perder o controle total da direção.

• Se após sair da enchente perceber algum barulho diferente, conduza o veículo em baixa velocidade para um local seguro e busque ajuda profissional na primeira oportunidade.

• Não foi possível sair ileso da enchente, ao chegar em casa deixe as portas do carro abertas, em alguns casos, é preciso trocar o estofamento.

• Acompanhe o veículo por algumas semanas, o ideal é que ele passe por um check-up e fique de olho no sistema de injeção, que pode apresentar problemas inesperadamente.

Mantenha o carro em dia

• Observe o estado das palhetas do para-brisa. Para se ter uma ideia, as palhetas tem vida útil média de um ano.

• A chuva em alta intensidade prejudica a visibilidade do motorista. Vidros devem estar sempre limpos e com uma película impermeável, que facilita o escoamento da água.

• Olhe sempre o estado dos pneus, eles devem estar no mínimo dentro da marquinha de segurança. Aquaplanagem é um dos grandes problemas que observamos em situação de pista molhada.

Fonte: DPaschoal

Written by Ricardo

Deixe seu comentário