• Home  /
  • News   /
  • Escola do Mecânico preparada para o Demolicar Motor Sports Events-2017

Escola do Mecânico preparada para o Demolicar Motor Sports Events-2017

A adrenalina é o que move a equipe formada por pilotos, professores e alunos nesta reconstrução de carros para “demolição”, onde só os fortes e estrategistas sobrevivem

Em 1988 nascia na cidade de Sumaré, interior paulista o DEMOLICAR. Uma competição de batidas de carros, criado sem maiores pretensões, como uma brincadeira para divertir as pessoas da região. Ao longo destes 29 anos o evento foi tomando corpo e trazendo com ele uma legião de fãs. Homens e mulheres, meninos e meninas, que mal terminam um evento e já pensam em preparar o carro do ano que vem.

O Demolicar para alguns é como aquela brincadeira de criança, de carrinho bate-bate. Para outros é a oportunidade de desconstruir um carro, para reconstruí-lo a sua maneira, de forma segura, pensando em chegar ao final da competição. Para Jean Rodrigo Dusso, o amor pelo Demolicar nasceu na infância, ao assistir sua primeira competição aos 11 anos de idade. Talvez tenha nascido aí também sua paixão pelos motores. Hoje Jean é Coordenador Técnico da Escola do Mecânico e um entusiasta do evento.

Para ele é adrenalina do momento é interessante, mas não é só isso. “Não é ir e bater o carro apenas, eu adoro a preparação do carro, explica Jean. Você conseguir modificar o que já está pronto, porque você tem que desmontar o carro inteiro e montar. Esta oportunidade de construir, me faz ficar preso ao Demolicar”.

A Escola do Mecânico e os carros do Demolicar

A Escola do Mecânico participa mais uma vez do Demolicar, mas agora com dois carros, dois Chevettes, desmontados e montados por seus alunos, tendo os professores como orientadores. E entre eles está Jean, que fala que preparar o carro para o evento além de ser uma oportunidade de aprendizado é também uma oportunidade de transmitir conhecimento.
Para começar os carros são totalmente limpos, ficam apenas a lataria e o banco do motorista. O carro irá começar do zero mesmo. Nos carros são montadas gaiolas de proteção interna, para proteger os pilotos de acidentes. Vidros não tem. As portas são soldadas e é feito um rasgo no teto do carro para entrada e saída de emergência.

Os pneus são próprios para andar na lama. O motor é soldado no chassis do carro. O tanque de combustível fica dentro do carro, atrás do piloto, protegido contra impactos e tem capacidade máxima de apenas 15l. O piloto tem que ir equipado com capacete, luva de proteção e macacão.

Falando assim parece tudo muito simples, mas a preparação dos dois carros pelos alunos levou 6 meses. Quem vai dirigir um desses carros? O Jean é claro e também o instrutor Luiz Gustavo.

Evento: Demolicar
Data: 08 de outubro – domingo
Início: 09h
Local: Estrada Norma Marson Biondo 1.700- Sumaré-SP

Fonte: Marta Lanzoni para Escola do Mecânico

Written by Ricardo

Deixe seu comentário