• Home  /
  • News   /
  • Funcionários da Mercedes-Benz entram em greve na fábrica de Iracemápolis
Funcionários da Mercedes-Benz entram em greve na fábrica de Iracemápolis Mercedes-Benz: Divulgação Full view

Funcionários da Mercedes-Benz entram em greve na fábrica de Iracemápolis

Cerca de 500 funcionários da unidade da Mercedes-Benz em Iracemápolis, interior de São Paulo, estão em greve, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira (SP). A paralisação é de 100% dos trabalhadores da produção, afirmou a entidade nesta quinta-feira (17). Em nota, a empresa negou que a paralisação seja total.

A planta de Iracemápolis tem capacidade para produzir 20 mil veículos por ano e fabrica os modelos Classe C e a SUV GLA.

De acordo com José Carlos Pinto de Oliveira, diretor do sindicato, o aviso prévio da greve foi comunicado à Mercedes na última sexta-feira (11). A paralisação, no entanto, teve início às 5h30 desta quarta-feira (16).

As reivindicações da categoria, segundo Oliveira, são relacionadas ao pagamento de Participação de Lucros e Resultados (PLR) e elaboração de um plano de cargos e salários, além de reajuste salarial de 9,2% e revisão do piso, entre outros itens. Ele disse que a empresa ainda não se posicionou sobre as solicitações.

Mercedes-Benz

Em nota, a assessoria de imprensa da Mercedes-Benz informou que a paralisação é parcial na fábrica de automóveis de Iracemápolis (SP), já que “todos os colaboradores administrativos estão trabalhando normalmente e apenas uma parte dos profissionais de produção aderiu a esse movimento”.

A empresa disse ainda que “vem mantendo as negociações abertas, considerando que setembro é o mês da data base”, que o objetivo é ter “as negociações concluídas a tempo de aplicar os termos negociados em setembro” e que “tem o compromisso desde a implementação da fábrica na região de ter a negociação simultânea de PLR e da data base”.

Fonte : Portal G1

Written by Ricardo

Deixe seu comentário