• Home  /
  • News   /
  • Novembro tem alta de 7,96% no preço do etanol na região Sudeste
Novembro tem alta de 7,96% no preço do etanol na região Sudeste queda_venda_800x459 - Imagem meramente ilustrativa Full view

Novembro tem alta de 7,96% no preço do etanol na região Sudeste

Levando em conta a disponibilidade do produto e os custos de transporte, a variação do preço nos combustíveis se fez sentir em todo território nacional

No mês passado, os preços dos combustíveis pesaram bastante no orçamento dos brasileiros. Nas primeiras quatro semanas de novembro, o preço médio do etanol na região Sudeste apresentou alta de 7,96% em menos de 30 dias. Já o preço da gasolina disparou na região Nordeste, passando de R$ 3,520 no início do mês para R$ 3,656 na semana do dia 22/11 a 28/11, com aumento de 3,86%.

O álcool apresentou uma alta expressiva também nas regiões Centro-Oeste, de 7,43%, e Nordeste, de 7,53%. O preço médio nos estados da região Centro-Oeste subiu de R$ 2,241 a R$ 2,601. Enquanto que no Nordeste os motoristas viram o preço do litro do álcool passar de R$ 2,667 para R$ 2,868.

A região com a menor variação no preço do álcool ao longo do mês foi o Sul. No início de novembro, o preço médio era de R$ 2,546 e subiu para R$ 2,672, registrando uma alta de 4,94%. A variação do preço do combustível nos estados leva em conta a disponibilidade do produto e os custos de transporte. A pesquisa de preços dos combustíveis ao consumidor é feita pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O mês de novembro fechou com a gasolina mais cara na região Norte a R$ 3,815 o litro. No acumulado do mês, o preço médio na região aumentou 1,67%.

A gasolina na região Centro-Oeste que começou o mês a R$ 3,593 o litro terminou custando R$ 3,664, alta de 1,97%. A região Sudeste, no início de novembro, tinha a gasolina mais barata do país, a R$ 3,478, porém, acumulou uma alta de 2,44% e fechou o mês custando R$ 3,563. A região Sul terminou o mês com a gasolina mais barata, R$ 3,558 o litro, uma alta de 1,89% em relação ao início do mês, de 1º/11 a 7/11, quando custava R$ 3,492, em média.

Fonte: R7

Written by Ricardo

Deixe seu comentário