• Home  /
  • Revista   /
  • Ultrapassagens são perigosas e geram multas
Ultrapassagens são perigosas e geram multas ultrapassagem_2_800x459 - Imagem meramente ilustrativa Full view

Ultrapassagens são perigosas e geram multas

Pela direita, pelo acostamento, na faixa contínua ou em curvas. Esses são alguns exemplos de ultrapassagens irregulares que, infelizmente, ocorrem com frequência nas rodovias brasileiras. Tais ações aumentam consideravelmente a chance de colisão frontal, e essa é uma das principais causas de morte no trânsito.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a ultrapassagem forçada é a manobra mais perigosa em uma estrada. Isso porque o motorista que está do outro lado da rodovia dirigindo em segurança e dentro da lei é surpreendido por um outro veículo, e fica muito difícil se livrar de um acidente. E, nesse caso, quase sempre a batida é de frente.

Para inibir os imprudentes, a legislação está mais rígida. Desde novembro de 2014, quem for pego tentando forçar a ultrapassagem entre veículos estará cometendo uma infração gravíssima. Se houver flagrante da irregularidade, a multa será de R$ 1.915,40 e haverá suspensão do CNH.

Já ultrapassar pela contramão em curvas, aclives e declives, faixas de pedestres, pontes, linha dupla ou simples contínua amarela, viadutos ou túneis resulta em multa de R$ 957,70. A mesma infração vale para quem passar veículos que estiverem parados, em fila, em sinais luminosos, porteiras, cancelas, cruzamentos ou qualquer outro impedimento à livre circulação.

Esse também é o valor aplicado a quem for flagrado ultrapassando outro veículo pelo acostamento ou em intersecções e passagens de nível. Vale lembrar que, para todos os casos exemplificados, aplica-se o dobro da infração para reincidência em até um ano.

Seja prudente, e respeite a legislação e a sinalização de ruas e rodovias. Assim, você colabora para a sua segurança e a de todos que estão à sua volta.
Fonte: Denatran

Written by Ricardo

Related Articles

Deixe seu comentário